5 noções básicas de nutrição aplicadas ao Crossfit - Clava CrossFit

piramideA nutrição e o Crossfit são fundamentais na vida de qualquer atleta. De acordo com o próprio CEO e fundador do Crossfit, Greg Glassman, a quantidade e a qualidade do que você come fornece a base necessária para um progresso contínuo do rendimento no Crossfit. Para alcançar todos os seus objetivos, você precisa adotar a nutrição como um estilo de vida, e passo a passo você irá avançar na pirâmide básica da prática.

Abaixo estão 5 dicas que vão te ajudar a ajustar sua alimentação com a necessidade diária do Crossfit:

1.  Variedade de alimentos

Você já deve ter se deparado com matérias de nutricionistas sempre dizendo que seu prato precisa ser colorido. E esta é a mais pura verdade, a maioria das pessoas subestima o impacto que as frutas e vegetais tem na saúde. O Crossfit possui uma série de movimentos que vão carregar seu sistema muscular e capacidade mental e se o seu organismo não estiver suficientemente forte, você não terá condições de alcançar todo seu potencial.

 

2.  Não siga qualquer dieta

Na internet é fácil encontrar uma dezena de receitas milagrosas que prometem ajudar você a alcançar aquilo que sempre sonhou, mas não se engane. A dieta que deu certo para o seu amigo pode ser um veneno para você e isso vai exigir um pouco de análise da sua parte. Se você já seguiu o passo 1 e melhorou a variedade dos alimentos que consome no dia a dia, passe a notar como está o seu desempenho. Se um belo dia você sentiu que estava com força acima do normal? Anote todos os alimentos que ingeriu. O mesmo vale para quando você treina e parece que a morte está próxima e tudo parece pesar demais!

 

3.  Planeje suas refeições

Nós sabemos que a rotina está cada vez mais insana e comer alimentos de qualidade se torna cada vez mais difícil. Mas aqui vai uma dica para você que está precisando mudar esse panorama. Separe algumas horas do seu fim de semana e decida o que vai conseguir comer no café, almoço, jantar, lanche e claro, pré e pós treino. Você não precisa cozinhar de uma vez todas as refeições da semana, comece por pequenas porções. Por exemplo, enquanto faz o jantar, cozinhe uma porção de carne com alguns legumes e os separe em pequenas marmitas para consumir durante o dia seguinte. Desta forma, você tem pequenas porções de alimento de qualidade para consumir de forma rápida.

 

4.  Adeque a dieta ao seu orçamento

Você não precisa gastar todo seu orçamento para ter uma dieta balanceada. A pesquisa é a palavra que define bem este tópico. Através de algumas pesquisas, será possível encontrar um bom produtor local que forneça alimentos por um preço menor que o trabalhado em supermercados. Se ainda assim não for possível, você pode utilizar aplicativos para acompanhar os preços de algumas marcas conhecidas e adquirir na rede que apresentar o preço mais competitivo. O próprio governo do estado disponibiliza métodos para isso! Clique nos links para baixar o Menor Preço para IOS: https://apple.co/2vvxhJU e Android http://bit.ly/2OTfVPl .

 

5.  Proteína no café da manhã

No exterior é muito comum as pessoas incluírem uma proteína na primeira refeição do dia e a resposta para este costume de substituir o famoso carboidrato por proteína é bem simples. A proteína aumenta a memória e a atenção. Além disso, fornece a quantidade de aminoácidos necessária para construir músculos e recuperar seu organismo do treino. Então, quer construir músculo, perder gordura e ter um ótimo desempenho no trabalho? Invista na proteína.

 

Além de aplicar essas dicas, é essencial que você procure um nutricionista! Apenas um profissional pode estudar a fundo todas as suas necessidades e auxiliar na jornada rumo a conclusão de todos seus objetivos.